Fotografia: PGL

A tetracampeã de Majors, Astralis, volta a estar fora da maior competição da VALVe. A organização dinamarquesa perdeu, esta sexta-feira, na primeira ronda do Last Chance Qualifier diante da 9 Pandas por 2-0.

Ora, a eliminação da corrida para o PGL Major Copenhaga, assinala o terceiro Major consecutivo sem a presença da equipa com mais troféus da prova. Depois da falha no apuramento para a IEM Rio 2022 e para o BLAST Paris Major 2023, a Astralis continua sem pisar os maiores palcos do cenário.

Entre as três eliminações, esta foi a mais chocante para os fãs da organização, dado o investimento feito no quinteto. Em finais de 2023, a formação nórdica completou as transferências da dupla ex-Heroic, Martin “stavn” Lund e Jakob “jabbi” Nygaard, e colocou as expectativas em alta fasquia.

Ainda assim, as adições não resolveram o problema, e a tetracampeã falhou o principal objetivo. Após a eliminação, Nicolai “dev1ce” Reedtz, AWPer da equipa que esteve presente nos quatro Majors conquistados pela organização, mostrou-se incrédulo com a eliminação:

Estou arrasado e a tentar encontrar palavras para descrever o que aconteceu. As maiores desculpas aos nossos fãs e à organização que acreditou em nós”, comentou dev1ce, depois da derrota diante da 9 Pandas.

Percurso da Astralis:

RMR:

Last Chance Qualifier:

Marcado para ser realizado na Dinamarca, o PGL Major Copenhaga contará apenas com um lineup inteiramente dinamarquês. Com Astralis e Preasy eliminadas, foi a ECSTATIC quem surpreendeu tudo e todos, e garantiu a presença na prestigiada competição.